Clássicos até o Fim: Alundra [21]

Estou de volta com Alundra, no Clássicos até o Fim! Os últimos acontecimentos no jogo foram fortes, Sybill faleceu de forma misteriosa (mesmo que tudo indique que foi Ronan o assassino), descobrimos mais do passado de Meia e Jess veio a falecer também! Como gratidão, Jess deixou uma Broken Armor junto com uma carta bastante triste, dentro de sua gavetinha azul. Pois bem, assim que sair da casa de Jess, Gustav virá correndo chamar Alundra, pois Elene está passando mal com os pesadelos.

A primeira coisa a ser feita é consertar essa armadura, para isso, vamos até a loja de Lurvy’s, lá no pé da montanha, abaixo do deserto. Há uma dica aqui para conseguir o conserto de graça: suba nas montanhas próximas e entre pela chaminé da loja. Após Lurvy arrumar a armadura (Ancient Armor), volte para Inoa e siga até a casa de Gustav. Lá, os moradores estão preocupados, pois nem Meia conseguiu sucesso para resolver o problema. Entrando na casa, Meia conta que Elene tem personalidade múltipla, sendo que seu pesadelo é bastante complicado de se resolver. Nesse caso, Meia e Alundra entram juntos na mente de Elene.

entrando pela chaminé, o conserto da broken armor sai na faixa

Elene’s Dream

Automaticamente, Alundra entrará e pisará no teleporte. Logo atrás vem Meia, que faz a mesma coisa. Assim que puder controlar Alundra, siga primeiro por cima até um piso com uma seta pra baixo. Dele, salte pra baixo e pise no botão. Volte tudo até o piso acima (mate os inimigos no caminho) e siga até os 4 pisos com setas. Ande ao norte nos pisos que apontam pra cima: você cairá numa plataforma com um baú com um Strenght Elixyr. Ao lado, uma cena mostra Meia subindo por um corredor lateral e entrando em um teleporte. Quando assumir o controle, siga para cima e entre no teleporte também.

Mate todos os monstros da sala e pise no botão. Dele, salte ao norte e pule no teleporte atrás da estátua do gárgula. Ao sair, Meia aparece dizendo que está totalmente perdida e pede ajuda. Suba pelo lado esquerdo, saltando nas plataformas até chegar em outra plataforma solitária com uma seta pra cima. Ande ao norte ali e caia por onde Meia havia passado, entrando no mesmo teleporte.

Estando os dois na mesma sala, Meia pergunta como farão para alcançar os botões no alto da tela. Alundra começa pulando sobre a pedra, usa Meia como plataforma para subir e pisa em um dos botões, que forma uma pequena ponte ali. Meia então pisa no outro botão e segue para o teleporte. Antes de seguir Meia, pegue as duas Herbs nos baús ali, caso necessite.

complicado esse pesadelo da Elene…

Ao sair do teleporte, siga à esquerda saltando nas pedras, dessa vez até o topo, tomando cuidado com as bolas de espinhos que descem. Na sala com Meia, apenas siga saltando nas plataformas que forem surgindo conforme ela vai pisando nos botões no alto. Se cair, basta subir a escadaria de plataformas e tentar denovo. Depois de conseguir, Alundra vai pisar no último botão, liberando caminho para menina até o teleporte. Siga Meia. Quando voltar nas plataformas com setas, desça e cairá num corredor com alguns monstros. Mate todos e siga para o teleporte à direita dali.

vá saltando conforme Meia pisa nos botões

Chegamos em uma área cheia de cachoeiras, logo à frente, pegue as Herbs nos baús e volte até a primeira cachoeira. Dali, suba e passe pelo pequeno labirinto logo abaixo da piscina. Não é possível ver Alundra ali, mas o caminho é bastante simples. Primeiro, tente seguir sempre ao norte, até achar uma reta que te leve ao baú da esquerda, no alto, contendo um Gilded Falcon. Abaixo, siga e acione a alavanca, para liberar o caminho mais abaixo, até o teleporte.

Estamos denovo na primeira tela, aquela onde Alundra automaticamente seguiu pro teleporte, só que, desta vez, na parte mais alta, abaixo. Ali, use Meia que fica andando para alcançar a parte alta da tela. Suba as escadas ali e use o barril para acionar o botão. Volte, pegue o barril e use os blocos recém movidos para chegar do lado esquerdo da tela. Use o barril e pegue uma chave no baú. Desça e abra a grade logo abaixo.

usando Meia como ponte

Na nova sala, vemos vários cristais. Cada um deles representa os pesadelos de Elene, conforme Meia explica. A área é dividida em 4 pequenas dungeons, portanto, listarei aqui o caminho que eu fiz. Uma dica: deixe as pedras azul e amarela por último, indo nas outras primeiro. Isso vai facilitar as coisas depois. Primeiro, vamos encarar o CRISTAL ROXO. Estoure o cristal do centro quando este ficar roxo e vamo que vamo!

NOTA: sempre que destruir o cristal do centro, este vai liberar o piso do save point, use-o sempre para repor energia e salvar o jogo entre as dungeons dos cristais.

CRISTAL ROXO: a primeira dungeon tem o piso congelado, logo, controlar Alundra aqui é um pouco difícil. Primeiramente, suba, dobre à esquerda e colete um Life Vessel no baú (37). Siga para direita, suba, destrua os 4 pilares de gelo, vire à esquerda e note um teleporte no alto. Abaixo dele, no buraco retangular, caia. Lá embaixo, note que estamos sobre um muro, que segue por várias direções com alguns pilares de gelo sobre ele. Na parte mais baixa, existem alguns pisos com olhos, sempre que cair, pise em deles para voltar ao andar de cima, e repita a operação para cair aqui novamente. A sala possui alguns botões que precisam ser acionados, para isso, é preciso também usar os pilares, fazendo-os de plataforma nos lugares certos.

eis o buraco retangular e o Life Vessel 37

 

Primeiro, siga para esquerda e empurre o pilar para esquerda também: ele vai cair e grudar na parede à frente, salte nele e suba, ativando o primeiro botão. Volte até onde encontrou o primeiro pilar e desça, empurrando pra baixo o segundo. Mais abaixo, empurre o outro pra direita. Salte no de baixo e ative um botão ali. Salte à direita e empurre o pilar acima na direção norte. Suba, salte nele e ative mais um botão. Desça, destrua o pilar no caminho à direita (ou empurre-o) e ative outro botão. Volte tudo até o início e siga para direita, suba e pise no último botão, liberando uma porta no centro da tela. Logo abaixo, entre no teleporte.

muitos muros, botões e portais para pisar!
dá um certo trabalho, mas o guia que escrevi vai facilitar sua vida

Na próxima sala, Meia está tentando pisar em um botão, mas não consegue. Para aumentar o peso, suba no pedestal ao lado dela e pule sobre ela, o que finalmente acaba por ativar o comando. Volte pelo teleporte, pise no olho azul e use o próximo teleporte para retornar na parte alta da dungeon. Pule novamente no buraco retangular e, ao cair, salte pro teleporte logo acima, perto da porta recém achada. Sairemos numa sala com 4 inimigos que prontamente te atacarão! Mate todos e suba pela ponte de madeira, conseguindo uma chave e uma Herb nos baús do alto. Desça novamente até o teleporte e entre na porta com a chave!

Na sala acima, Elene pede desculpas por ter feito os dois heróis chegarem até ali. Nisso surge um monstro que parece aquelas gelecas, só que enorme e com um olho no centro. Bata no monstro até o olho descer e acerte-o. Após alguns acertos, o monstro já era. Ao retomar o controle, acerte o cristal abaixo, dessa vez na cor AZUL. Desça, pise no símbolo do olho e use o teleporte para voltar. Desça tudo até o outro teleporte, voltando até o save point (aproveite para repor energia e salvar) e vamos encarar a próxima dungeon.

CRISTAL AZUL: a área está toda alagada e bolas de espinho descem por entre plataformas de pedra. O objetivo inicial é simples: saltar nas plataformas até chegar na plataforma no alto, para poder pisar no botão. Assim que pisar, começa o pesadelo realmente: botões vão surgindo nas plataformas, te obrigando a ser o mais rápido possível para acioná-lo antes que sumam! Depois de conseguir, a cachoeira ao fundo vai cessar e as bolas de espinho vão desaparecer. Nade ao norte e suba as escadas do teleporte da esquerda.

é aqui que sua habilidade com saltos será testada ao limite

Assim que chegar na nova sala, nade em direção do teleporte à direita e pise nele. Alundra vai aparecer em uma sala com um botão, pise no botão e o pilar ao lado vai se erguer. Agora retorne até a primeira tela, aquela dos botões e dos saltos malditos. Siga para o sul nadando e entre no teleporte da DIREITA. Mate os inimigos e suba as escadas, sempre saltando as bolas de espinhos que vão descendo. No alto, pegue uma Herb e uma chave nos baús. Volte até onde estávamos, na primeira tela alagada. Suba e entre no teleporte da ESQUERDA, como fizemos primeiramente. Agora Meia vai aparecer na tela, e já aparece acelerando Alundra. O objetivo agora é imitar Meia, saltando nos botões até liberar a porta ao norte da sala. Assim que terminar, salte até lá e entre por ela.

Elene está dentro da sala, o que nos leva à mais uma batalha com a geleca gigante, mas com uma diferença: agora são DOIS inimigos ao mesmo tempo. Concentre-se em um deles e depois parta pro outro. O chefe não tem nenhum ataque além de avançar sobre você, logo, desvie o máximo e evite ficar encurralado pelos dois. Destruídos, é hora de voltar, acerte o CRISTAL AMARELO! Volte tudo até a sala dos cristais, recupere as energias, salve seu progresso e vamos continuar!

NOTA: o cristal amarelo é o que contém uma espécie de pirâmide (ou triângulo) em seu interior.

CRISTAL AMARELO: a primeira sala da dungeon é repleta de areia, o que dá uma idéia da temática da mesma. Além da areia, temos uma plataforma no meio com dois baús, três teleportes nos outros cantos e vários vermes de areia. Primeiro, siga até o teleporte do lado esquerdo, no alto. A sala é parecida com a anterior, mas é cheia de buracos camuflados, portanto, use a Sand Cape para chegar até o teleporte do lado direito, no alto. Entrando por ele, pise no botão para erguer o pilar e volte. Na sala cheia de buracos escondidos, use a Sand Cape até o meio da tela e ande normalmente para cima. Você cairá sobre os dois baús da primeira tela, contendo uma Herb e 30 Gilders.

Desça da plataforma e entre no teleporte à esquerda, abaixo. A sala onde vamos sair tem alguns pilares ao lado direito, um baú ainda inalcançável logo abaixo e o único caminho acessível, uma escadaria de plataformas à direita. Suba por ali, tomando cuidado com as bolas de espinhos que descem. Assim que alcançar o quarto ou quinto degrau, salte à esquerda, em um dos pilares. Siga saltando até o pilar mais escuro, com um símbolo no topo. Dele, pule nas plataformas que formam a escadaria do lado esquerdo, e pegue uma chave no baú. Volte até a sala dos buracos camuflados na areia e siga pelo teleporte à esquerda.

mais uma suada chavinha pro bolso

Na próxima sala, aparentemente, não há muito o que ser feito. Salte no botão e tente retornar, Meia vai aparecer para lhe ajudar: ao ganhar o controle sobre Meia, use Alundra para chegar do outro lado e pise nos dois botões. Assim que retomar o controle sobre Alundra, use as plataformas para chegar até Meia e siga pela passagem ao norte. Siga matando os vermes para abrir caminho e suba até a próxima porta. Mais um chefe, mais uma dobradinha das gelecas gigantes. Já sabendo o modus operandi, destrua as duas e vamos partir pro último cristal! Antes, claro, dê uma passada no save point para repor o HP!

CRISTAL LARANJA: o cenário é em meio à labaredas de fogo! Pule com cuidado nas plataformas e salte na parte das alavancas. Ali, acione a de baixo uma vez e a de cima duas, para retirar o enorme bloco de cima do teleporte. Salte pra lá e pise nele. Na outra tela, pise no botão para fazer descer o pilar. Volte e, dessa vez, entre na porta acima. Na sala com as tartarugas, siga para o norte, matando quem estiver no caminho e pise no teleporte da esquerda.

Na sala seguinte, encontramos Meia, que pede ajuda para estourar uma parede de blocos de pedra. Equipe a Iron Flail e dê apenas uma porrada na parede em frente dela. Use Meia para alcançar o baú com uma Herb, do outro lado, o outro baú contém outra, se precisar. Depois de coletar os itens, estoure por completo a parede e Meia vai agradecer, descendo em seguida. Entre pelo teleporte de onde Meia veio (acima, à direita).

não esqueça de coletar algumas herbs antes de por abaixo o muro

Desça a ponte de madeira e, ao avistar as colunas de pedra na beira da ponte, observe que duas delas estão faltando. Pois bem, limpe a área dos inimigos e caia pelo lado esquerdo, onde está faltando uma coluna. Pegue a chave em um baú e a Herb em outro, em seguida caia e suba para o teleporte dali. Voltaremos na sala com as tartarugas, apenas entre no teleporte da esquerda. Na sala onde encontramos Meia, siga dessa vez pelo lado esquerdo, no teleporte.

Agora temos um puzzle meio cabeludo para enfrentar. O negócio é o seguinte: na sala existem vários buracos no chão, por onde labaredas de fogo sopram. O objetivo é tapar alguns dos buracos (4 deles, pra ser mais exato) e, com isso, impedir saia fogo de TODOS eles. Ou seja: quatro desses buracos impedem que os outros soltem fogo. Acima na tela, existem 4 pedras removíveis, que serão usadas para tapar o fogo. Bom, eis uma imagem para facilitar o trabalho:

Posicione as pedras dessa forma:

Abrindo a passagem ao norte, basta seguir por ela e enfrentar o verdadeiro pesadelo de Elene! Mas que pesadelo? Lembram do início da dungeon, quando pedi para deixarem por último os cristais amarelo e azul? Pois é, enfrentamos várias vezes o chefe antes e, agora, basta conversar com Elene para a dungeon acabar. Assim que retornamos, Septimus pergunta se tudo está bem. Em poucos segundos, Elene acorda e Alundra e Meia são parabenizados, tanto pelo feito quanto pelo fato de terem trabalhado em conjunto para salvar a vida da moça. Gustav ainda dá um prêmio para Alundra: a troca da Iron Flail pela Steel Flail, uma Iron Flail melhorada.

E assim termina essa parte, por hoje é só, até semana que vem!

6 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s