PS2 GAME OF THE WEEK – Urban Reign

Pra variar um pouco, um dos bons porradeiros do PS2. Multiplayer-beat’ em up de primeira categoria da Namco, Urban Reign teve um relativo sucesso quando foi lançado. Como foi feito pela mesma equipe da série Tekken, espere engines similares e golpes escrotos pra cada personagem. Cada lutador tem uma grande variedade de golpes e isso garante uma boa diversão, principalmente jogando de dois.

Junte seus amigos e vamo pra porrada.

Você é Brad Hawk, um guarda-costas contratado por uma bonita chefe de gangue para proteger seus interesses de outras gangues da cidade. À medida que você joga as missões e enfrenta certos personagens, você os libera pra seu time. Em algumas missões, você terá um parceiro, dos quais poderá escolher dentre aqueles que trouxe para o seu lado, e assim, facilitar as tarefas específicas de cada missão que variam desde PORRAR GERAL até QUEBRE AS PERNAS DE FULANO apenas. Em outras, estará sozinho contra 1 a 4 inimigos ao mesmo tempo… você pode direcionar os golpes para regiões específicas do corpo do adversário, e atingindo aquela região vermelha (destruída), causa mais dano.

..”Hadouken…?”

O combate é repetitivo pra caramba… as AIs dos inimigos são bem burras, repetindo certos padrões, o que pode lhe dar uma chance de fazer sua estratégia de ataque e defesa. Aliás, defender é algo extremamente difícil neste jogo, já que tem que ser feito quando o inimigo ataca; invariavelmente você acabará apanhando de 4 caras em algum momento do jogo. Pra sua sorte, existem itens que recuperam sua vida e seus golpes especiais (que gastam a barrinha amarela embaixo da barra azul que é seu HP) pra salvar o dia. No tutorial existe uma centena de comandos pra ajudar a realizar golpes maneiros (alguns em zoom ficam bem legais de ver) e lá fala sobre os diferentes tipos de golpes especiais (SPA).

“UAAAAAAAPÁ!!!”

No modo story, você vai chutando bunda de geral, liberando personagens até o fim do jogo. Pra liberar todos, porém, você deve jogar os modo Challenge e Free (nos quais você pode rejogar qualquer missão nas condições normais, ou um combate predeterminado, com armas, handicaps e tudo mais). Uma boa recompensa pra cada modo de jogo é a liberação de Marshall Law e Paul para seu time (personagens de Tekken).

Law apanhando dos dois

As músicas são repetitivas também, e isso dá uma impressão chata a um jogo que é empolgante até um certo ponto. Os gráficos são fluidos o suficiente pro PS2, mas às vezes a jogabilidade compromete o gamer, não dando tempo de reagir a certos inimigos apelões que repetidamente te acertam das piores maneiras possíveis. Você tem que bolar maneiras de escapar (até em pleno ar) das emboscadas quando se está sozinho. Com um parceiro na tela, você pode chamá-lo pra te ajudar a sair das enrascadas, trocar armas, itens que recuperem energia, etc.

Dando um balé nos mané

Urban Reign é um porradeiro maneiro pra jogar a dois, porque sozinho não é lá muito interessante. Tem potencial de diversão relativamente limitado, apesar da grande quantidade de personagens que podem ser liberados, a maioria luta de forma parecida (dentro do mesmo estilo, claro). Em contrapartida, os diferentes estilos de luta oferecem diversos golpes diferentes; logo, a maneira de atacar e defender com cada personagem muda e isso pode ser aproveitado para que o jogador não se canse de jogar tão fácil. A Namco só deveria ter caprichado mais e feito uma trilha sonora que realmente empolgasse o jogador a ir pra porrada. No mais, é um belo beat’em up que pode ser bem explorado por jogadores que pensem em lutar estrategicamente e com reflexos bem rápidos. Vale a jogada!

Nota: 7/10

7 comentários

  1. Bom saber desses tipos de jogos. Espero que não seja tipo os “Tekken Force Mode” pq esses modos são bem ruins até hoje, mas pelo visto não, fizeram um jogo caprichado!

    1. esse é um dos melhores beat’em ups do PS2. a quantidade de golpes que pode dar é estúpida. e as animações são bacanas. só chupinha coisa demais do Tekken =P

  2. Eu tenho esse game, joguei bem pouco, é verdade, mas enjoei pelo fato “burocrático” do mesmo. Gerenciar a gangue me dava sono, apesar do game ter bonecos grandões e golpes estilosos…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s