Detonado de Bolso – Chrono Trigger (SNES) – Parte 5 – Entre Dinossauros e Lagartos

A bagunça das viagens no tempo começou, agora é ficar pulando de época em época para enfim salvar o planeta da total destruição do 21 de dezembro. Está na hora de abrir seu emulador, carregar sua rom ligar seu console, assoprar o cartucho e mandar ver na Parte 5 do nosso querido detonado.

PS.: Olha a Ayla, mandando a voadora do LINDOMAR no lagartão ^

  • Saindo do Fim do Tempo, pegue o teleporte para 600 d.C., as “Montanhas”.
  • Siga sul até a ponte de Zenon (ou Senan nessa tradução), lá o capitão vai informar que a coisa está feia, a comida acabou e as tropas estão sendo derrotadas, eles estão na última linha de defesa e famintos.
  • Volte no castelo e converse com o cozinheiro ranzinza, va cozinha ele vai resmungar da vida e não vai ajudar, então siga seu rumo embora, até que ele muda de idéia e vem te trazer 1 Charque, UM PEDAÇO DE CHARQUE PARA ALIMENTAR UM EXÉRCITO FAMINTO, isso mesmo.
  • Entregue a suculenta carne para o Capitão e ele vai comer tudo sozinho, claro, e ainda tem a cara de pau de te pedir ajuda, seja bonzinho e ajude o coitado.

  • Para te ajudar o Capitão te dá um El. Ouro, pelo menos isso. Equipe e vá atravessar a ponte.
  • No caminho você vai enfrentar Ozzie (Ossie) e alguns esqueletos duas vezes, concentre-se em atacar os esqueletos, deixe Ozzie para lá, ele termina fugindo quando os esqueletos morrem. Para agilizar as coisas use magia Relâmpago de Crono nos magrelos.
  • No final da ponte ele vai levantar um esqueletão, batizado aqui de Escravo, cuidado com as magias pois Trovão e Fogo curam a parte de cima, mas causam dano às pernas, então comece mandando fogo nas canelas dele, a batalha não é difícil.
  • Vasculhe as casas em Dorino e você vai encontrar esse velho tarado, ele quer o seu Brometo das Nagaetes que você pegou lá no começo do jogo, entregue e ele vai destrancar uma gaveta que contém 1 Pt. Mágica.
  •  Tem uma casa solitária no caminho, lá mora Fiona, entre para bater um papinho e aproveite para saquear os baús.
  • Chegando em Porre, não deixe de visitar a loja e pegar uma Pt. Força no canto esquerdo.

  • Agora tome o rumo do Mt. Denadoro, aqui tem alguns tesouros interessantes. Logo na entrada não deixe de ir reto e passar por essa passagem entre as folhas para achar um Br. Miragem, uma nova arma para o Robô, não me pergunte como isso veio parar no ano 600.
  • No meio do caminho você encontrará o lendário herói Tata, e vai descobrir que ele não é tão heróico assim.
  • Explore todos os caminhos para catar tesouros por aqui.
  • Quando encontrar os Ogan, inimigos com martelos que são bem fortes, use a magia de Fogo de Lucca para queimar a arma deles e deixá-los completamente vulneráveis, isso facilita muito nossa vida.

  • Chegando no topo das cachoeiras, caia nelas, você vai encontrar acessórios interessantes, um BrincPrata do lado direito e um BotãoPrata do lado esquerdo.
  • No topo da montanha tem um daqueles macacos esquisitos olhando a paisagem, fique conversando com ele até ele encher o saco de você e te dar um Pt. Mágica para você deixar ele em paz.
  • Um baú quase escondido pode passar desapercebido do lado dessa escada, é um Pt. Veloc. sempre bem vindo.
  • Outro baú bem escondidinho está nessa área junto à cachoeira, nele mais um Ct. Ouro para a coleção.

  • No topo da montanha, entre na caverna e encontre os gêmeos brincando, nessa caverna está cravada numa rocha a lendária Masamune, mas os garotos não vão deixar você mexer nela, eles são na verdade Masa e Mune, os guardiões da arma. Hora de lutar!
  • A primeira batalha é contra os gêmeos, tranquilidade. Concentre os ataques em um deles apenas, vencendo um o outro perde também.
  • Daí eles se unem e se tornam num monstrengo com pose de boxeador. A batalha é longa mas fácil. Use técnicas combinadas, principalmente a espada de fogo de Crono+Lucca, use o Robô para curar e evite atacar o monstro quando ele estiver fazendo boquinha de boneca inflável, nessa pose ele está se preparando para um ataque mais forte e contra ataca quando é atacado.
  • Termina que a espada se quebra… trabalho perdido… ou não? Pegue o pedaço e voe – literalmente – para fora da montanha.

  • Passe na casa de Tata, o falso herói, ele admite que é uma fraude e te entrega a Medalha do Herói, que fazia ele parecer ser um. O pai dele não acha a mentira nada legal… melhor sair da casa que o bicho vai pegar pro lado do moleque.
  • Siga para  Mt. Maldita para encontrar nosso amigo Sapo.
  • O anfíbio se enconde no final dessa floresta cheia de inimigos chatos, desça na casa dele e explique a bagaça toda, ela vai ficar com aquele mimimi emo cheio de auto compaixão e depressivo.
  •  Mostre a medalha e … ele vai continuar depressivo, mas pelo menos vai abrir o baú ao lado da cama e Crono encontra o resto da Masamune.
  • O Robô faz a leitura e vê escrito “Melquior” na espada, hora de ir interrogar o safado do Melquior lá em Vila Medina, 1000 d.C.

  • Vamos nós pegar o tubo do tempo outra vez, dessa vez para a Vila Medina, saia outra vez do armário (ui ui uiii) e vá encontrar o velho em sua casa de praia.
  • O canalha preguiçoso, na esperança de nunca precisar trabalhar para restaurar a espada, fala que precisa de uma tal Pedra-sonho, que existiu a muito tempo atrás e hoje não pode mais ser encontrada, mas Crono tem uma máquina do tempo no quintal de casa, Melquior não contava com a astúcia dele!
  • Hora de voltar para os tubos e viajar para o ano 65.000.000 a.C., no tempo dos dinossauros!
  • Chegando na pré-história, o portal se abre no local um tanto inadequado, mas a turma sobrevive a queda mas cai de cara com uma gangue de coisas verdes, conhecidos na região como Répteis.
  • Rola uma primeira luta mas depois mais Répteis aparecem, e do nada surge uma loira esvoaçante usando um biquíni de fru-fru com um rabinho e pantufas, pelo menos ela sabe lutar, espanca metade e depois vem dar as “boas vindas”.

  • A recepção é numa super festa, com direito a drogas e muita cana, a nossa nova amiga loira, que por sinal se chama Ayla (ou Aála nessa rom), tem uma da tal Pedra-sonho que Crono, mas ela só entrega se Crono vencer uma disputa de quem bebe mais sopa… a sopa cheia de cogumelos da floresta.
  • Para iniciar a disputa, converse com seus companheiros algumas vezes e com a Ayla também, a beberragem começa!
  • Aperte rápido o botão A para vencer a disputa, Ayla entrega a pedra mas todos caem no sono.
  • Quando o dia amanhece, a ressaca é terrível, e Lucca percebe que perdeu algo mais que a donzelice, simplesmente a CHAVE que abre o portal do tempo desapareceu, essa irresponsável!
  • Agora o negócio é ir atrás de Ayla e tentar desvendar o paradeiro da chave, mas antes vamos pegar uns itens na Hunting Range.
  • É o seguinte, você deve ter percebido que tem uma Loja em uma das ocas no caminho, mas o vendedor não aceita dinheiro, e sim alguns itens como Pétalas, Chifres, Presas e Garras. Nessa floresta chamada Hunting Range você pode enfrentar diversos inimigos em troca desses itens, mas o melhor deles é o tal de Nu, um bolota azul que só aparece nas extremidades da floresta depois que chove.
  • Se encontrar um Nu nessa floresta, não deixe de lutar com ele. Ele só tem um tipo de ataque, que reduz seu life para 1, então ele não pode te matar. o Nu te dá 3 de cada item, e Vencendo o primeiro deles, ele te dá tambpem um acessório chamado 3o Olho, que simplesmente dobra o valor da Evasão do personagem, dê para Ayla que já tem Evasão de 25, vai dobrar para 50 e ela vai conseguir escapar de muitos ataques durante as lutas.

  • Depois de brincar de caçar Nus e se encher de itens, hora de seguir com a história do game.
  • Visite a oca do líder e acorde Ayla, ela vai entrar no time e te levar para a Caverna dos Répteis.
  • Na floresta ela encontra Quino, o malandro que por ciúmes roubou a chave… o moleque terminou deixando a chave ser levada pelos Répteis, só pra dar mais trabalho.
  • Atravesse a floresta até chegar a Caverna ao centro, a floresta é bem linear, mas se você é um caçador de tesouros nato vai se divertir procurando baús nesse matagal, são muitos itens espalhados por aqui.
  • A Cv. Réptite é bem curta, logo você vai alcançar o chefe entrando pelos buracos abertos no chão, mas se você quiser procurar tesouros, deve sair entrando em buracos diferentes, na esperança de sair em um dos ambientes com baú de tesouro, se não siga entrando até encontrar a sala do chefe.

  • Enfim encontramos o líder dos Répteis, Azala, ela está com a chave mas antes vai chamar seu guarda costas, o monstrengo Nizbel. Hora do chefão!
  • Antes de sair descendo a madeira no bichão, mande um Trovão nele para abrir a defesa dele, depois abuse das técnicas duplas, Espada Gelo e o parafuso de Ayla, com paciência e curando sempre você vai vencer fácil esse bicho.
  • Pronto, Azala entrega a chave do portal e a gente já tem a Pedra-sonho. Hora de voltar para Melquior para ele restaurar a Masamune.

  • Volte para a montanha e salte no portal, agora pegue o tubo que leva à Vila Medina outra vez.
  • Siga direto para a casa de Melquior e Lucca vai ajudar o velho preguiçoso a restaurar a espada, que por sinal é do tamanho dela.
  • Prontinho. Que tal agora levar a espada para o Sapo emo lá na Floresta Maldita. Pegue o seu tele-tubo e viaje para encontrar o anfíbio depressivo.
  • O Sapo vai olhar a espada e … Ô_Õ

E depois dessa onda pré-histórica toda, Max Carnage vai nos contar o que acontece a seguir.

Até a próxima pe-pe-pessoal!

 

4 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s