MARATONA SNES – Dia 25 – Gnomos Ninjas, Macacos Amorfos e Coisas do Espaço

Dia feliz com muita coisa estranha, esse é o vigésimo quinto dia da nossa maratona. Segue a vida!

maratona25



[241] Axelay
Konami, 1992
Shoot’em Up

241-Axelay

Matt: Eis um belo exemplar de shooter. Um jogo puro da Konami (desenvolvimento e publicação) com uma história convincente e um belo pacote gráfico, adicionado da alternância de fases em scroll vertical e horizontal e os obrigatórios chefes gigantes.

Max Carnage: Conheci esse jogo pela paixão que o Matt tem por ele. Acabei gostando principalmente pelo visual pseudo tridimensional e pela inovação no estilo.

[242] Animaniacs
Konami, 1994
Plataforma

242-Animaniacs

Max Carnage: Yakko, Wakko e Dot pintam com mais um game, e agora o objetivo é se meter nos estúdios da Warner e aprontar grandes confusões nos sets de clássicos do cinema. Você controla os três irmãos, podendo revezar o líder do grupo em Stages temáticos na ordem que você pode escolher e sempre fugindo do policial que quer te prender na torre. Seu objetivo específico no game é caçar a dupla de ratos Pinky e Cérebro e evitar com que eles conquistem o mundo. Além disso para fazer um final bonito você precisa catar os scripts que estão escondidos nas fases. Muito bão, recomendo.

Matt: Uma aula de como se fazer um game baseado em um desenho tão non-sense como era esse.

[243] Dirt Racer
MotiveTime, 1995
Corrida

243-DirtRacer

Matt: Acredito que esse jogo tenha sido resultado de algum projeto de feira de ciências ou algo assim, talvez até tenha sido um game experimental para testar a capacidade do chip Super FX, mas com certeza não deveria vir à público.

Max Carnage: Olha, Playstation no Super Nintendo. Essas apostas de fazer um game a frente do seu tempo é pedir pra fazer cagada.

[244] Super Bomberman
Hudson Soft, 1993
Ação

244-SuperBomberman

Max Carnage: Porra, agora sim estamos falando de um game de verdade! Ou melhor, uma série que teve nada menos que 6 jogos no Super NES lá no Japão. Super Bomberman 1 foi um dos títulos que o ocidente aceitou e pelo visto se cansou rápido, pois a América só recebeu até o segundo game e a Europa foi até o terceiro. Enfim, esse foi um grande passo do homem bomba no SNES que já havia brilhado muito na geração 8 bits.

Matt:  Um game mais que aguardado, todos queriam Bomberman em alta resolução, e de plus trouxe a possibilidade de jogar de quatro, ou melhor, jogarem 4 pessoas simultaneamente.

[245] Fifa Soccer 96
Electronic Arts, 1995
Futebol

245-Fifa96

Matt: Desde 1995, se tem um jogo que todos tem certeza que vai ser lançado no segundo semestre, é o FIFA do próximo ano. O game é sempre a mesma coisa, com melhorias gráficas, correções de bugs algumas melhoras e algumas pioras aqui e ali, um belo caça-níquel que dá certo e enche os cofres da EA até hoje.

Max Carnage: Se não me engano na época esse Fifa fez bastante barulho, apesar de não ter tido copa do mundo nem em 95 nem em 96. Não é a toa, o jogo é muito bem feito se for ver, tirando a confusão com as cores dos uniformes.

[246] Super Valis IV
Razorsoft, 1992
Ação/Plataforma

246-SupeValisIV

Max Carnage: Eis outro game japonês vindo de uma série que normalmente era lançada pro Mega Drive. O jogo é muito similar a série Castlevania, inclusive os itens que dão poderes extras a heroína e a maneira de usá-los (cima+ataque).

Matt: Me perdoem a ignorância mas, isso faz parte da série El Viento?

[247] Top Gear
Gremlin Graphics, 1992
Corrida

247-TopGear

Matt: Mais um da série dos queridinhos do Matt. Top Gear, o game de corrida que era mais cooperativo do que competitivo, afinal, quem nunca bateu na traseira do seu rival parado na pista sem gasolina?

Max Carnage: E tem o que falar? Ouço muito marmanjo dessa época que nem é retrogamer dizendo que esse é o melhor game de corrida de todos os tempos, quem sou eu pra discordar? Mas, sendo chato, tá? eu prefiro o 2😡

[248] Suzuka 8 Hours
Namco, 1994
Corrida (Moto)

248-Suzuka8

Max Carnage: Suzuka é um game de moto vindo do Arcade que trás várias modos, dentre eles multiplayer, corrida normal, time trial e ensaio. Você escolhe o tipo da moto tendo manuais onde você passa a marcha com o direcional pra cima e também automáticas, podendo também escolher a corzinha dela. Tem várias cores.

Matt: Sabem qual a diferença entre a moto e o vaso sanitário? A moto você senta para correr, e o vaso você corre para sentar.

[249] X-Kaliber 2097
Fupac, 1994
Ação/Plataforma

249-X-Kaliber

Matt: O mais legal desse game é o nome dele no Japão: Sword Maniac. Não há muito o que falar aqui, é um plataforma de ação bem genérico e fácil, gráficos razoáveis e jogabilidade bem simples. Nota 6 pra passar.

Max Carnage: Jogo japonês que tentaram colocar uma história genérica. Bem envolvente, com ótimos controles e um modo de luta pra 2 jogadores.

[250] Zool – Ninja of the ”Nth” Dimension
Gremlin Graphics, 1992
Plataforma

250-Zool

Max Carnage: Segundo nossa amiga Wikipedia, “Zool foi planejado para ser um rival do Sonic the Headhehog”. HhahauhuhHUAhuahuHUAhuauHAHUuhaHUAHUuhauhHUAhuhuaHUAhuahuHUAHUuhahuUHAUH. Bom, primeiro grande erro: B atira e Y pula. Poderia parar por aqui mas vamos ao grande destaque que faz Zool se similar ao ouriço da Sega; a velocidade…que só te atrapalha. Cenários e inimigos repetitivos (como dá pra ver nas screenshots) e um puta Rock N’ Roll de fundo assinado por Patrick Phelan que não combina com o clima infantil do jogo.

Matt: No dia 24 apresentamos um game que combate a diabetes, hoje nada melhor de mostrar um game que promove a diabetes. Zool é um gnomo ninja que come doces correndo pela tela enquanto atira em gelatinas e biscoitos do mal. Jogue por conta própria e depois vá tomar uma dose de Novolin.

Olho no vídeo do dia!

4 comentários

  1. Huahuahuahauha! Eu adoro os comentários que vocês fazem!😀

    Vamos lá:

    Animaniacs eu cheguei a jogar bastante na minha infância, mas nunca tive o cartucho. Era sempre alugado ou emprestado de algum amigo. Lembro que passava horas tentando encontrar todos os livros, mas nunca conseguia.

    Super Bomberman é um clássico! Eu tinha o Super Bomberman 5, até que troquei com um amigo de escola que nunca me devolveu. Pelo menos, eu fiquei com o Choplifter 3 dele.

    Top Gear é outro clássico indispensável pra qualquer fã de corrida e SNES. Eu tinha em um cartucho 8 in 1, daqueles que você ligava e aparecia um menu azul com os nomes dos games. Depois que conheci o emulador pra PC, passei a gostar um pouco mais do Top Gear 2, mas são todos ótimos.

    Sobre o Valis IV, eu não cheguei a jogá-lo além da primeira fase, mas já zerei o El Viento, e acredito que são duas séries diferentes.

    1. Ptz mano, eu preferiria ter ficado com o Bomberman… uma vez eu troquei o Circus Mistery (segundo game do Mickey da capcom) pelo Donkey Kong Country 3. Foi um bom negócio apesar do DKC3 não ter bateria interna pra salvar

      1. Pois é, cara, mas na época, quando eu ainda era criança, eu gostava muito do Choplifter 3, só que não tinha o cartucho. Daí eu emprestei o Bomberman 5 pra um colega que eu só via na escola, e acabou que passou o fim de ano e ele não me devolveu mais.

        Então, acabei ficando com o Choplifter 3. Foi uma troca forçada, mas por sorte eu gostava desse jogo.

  2. Alexay: excelente game

    Superbomberman: capa feia, mas é um bom jogo

    Fifa 96: nos tempos que futebol era simples, e qualquer um poderia jogar

    Top Gear 1: rapaz, é o melhor dos 3 jogos…e o Top Gear 2….bleh!

    e Valis 4: vai por mim, a versão SNES é abominavel, se compara com a versão PC.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s