MARATONA SNES – Dia 32 – Olimpíada Naturalista

Olá gente boa do meu blog querido, prontos para mais uma enxurrada de games BONS? Segura essa!

maratona32

[311] Bubsy II
Accolade, 1993
Plataforma

311-BubsyII

Matt: Então resolveram tentar outra vez, insistindo nesse gato sem graça, sem carisma e sem calças. Vem aí o Bubsy outra vez e já chega mostrando o traseiro pra galera, uma bela forma de começar um game cagado desses. Sem mais.

 Max Carnage: O primeiro eu considero muito bom, na contra-mão do que a maioria dos gamers acham. Mas esse segundo começou a enfraquecer a franquia, até o desastre que foi o Bubsy 3D.

[312] Astérix & Obélix
Infogrames, 1996
Plataforma

312-Asterixobelix

Max Carnage: Hey ho! Concordam que game da dupla Viking raramente vai ser ruim né? E esse não é exceção. Aqui você começa com Obelix por default, podendo trocar pro galego, e sai metendo a porrada na bandidagem das antiga.

Matt: Mais do mesmo, sempre nos jogos do Asterix você vai socando os soldados para o céu e bebe a poção e fica uma máquina de dar socos e aí vem a próxima fase que aqui muda às vezes mas no geral é isso mesmo

[313] Dirt Trax FX
Sculptured Software, 1995
Corrida

313-DirtTraxFX

Matt: Um game que acredito ter sido um teste do chip Super FX que acabou sendo lançado no mercado pra ver se colava, mas a idéia é utilizar o poder poligonal do novo chip para fazer um jogo de motocross e não deu muito certo.

Max Carnage: Esse pode até ter sido legal na época, mas hoje dá uma dor de cabaça da porra.

[314] The Adventures of Kid Kleets
Ocean, 1993
Plataforma

314-KidKleets

Max Carnage: Adventures of Kid Kleets, mais conhecido por Soccer Kid é um game que tenta misturar plataforma com futebol, totalmente em vão. A história se passa durante a copa do mundo de 94 e um ser intergalático roubou a taça. Cabe ao garoto atlético correr atrás dos bandidos com sua bola, chutando em tudo que vê pela frente. Esse jogo entra facinho como um dos primeiros numa lista minha de piores plataformas de todos os tempos..

Matt: O maior problema do Soccer Kid é carregar a bola, não tenha pressa nesse game ou vai terminar deixando a gorduchinha para trás. Esse jogo só dá maus exemplos para as crianças, ensina a correr pela rua, chutar bolas em pessoas e animais, comer fora de hora, entrar em bueiros e tanta coisa errada que não se faz (nossa que observação idiota).

[315] Mighty Morphin Power Rangers – The Movie
Bandai, 1995
Beat’em Up

315-PowerRangersMoive

Matt: Um dia fizeram um filme e daí virou game, e é até legalzão, principalmente porque dá para morfar e ainda usar as arminhas que ninguem usava na TV. Bacana e dificilzinho.

Max Carnage: Beat ‘em Up responsa! Aluguei pouco…

[316] Looney Tunes B-Ball
Sunsoft, 1995
Basquete

316-LoonyTunesBBall

Max Carnage: Pouco antes da turma do Pernalonga se juntar a Michael Jordan e estrelar o clássico Space Jam, os Looney Tunes se reuniram pra treinar nesse game que é um dos vários que a Sunsoft publicou na época para o SNES, baseado nas figuras. O game consiste num jogo de basquete diferente, onde os jogadores podem executar poderes especiais fazendo loucuras iguais as do desenho.

Matt: Um jogo de basquete que, mesmo ignorando as regras, é muito divertido até para quem não curte o esporte. São jogos de 2 contra 2 onde cada looney tem arremessos esetrambólicos especiais e um monte de ataques e defesas diferentes, diversão garantida esse.

[317] Pocky & Rocky
Natsume, 1993
Shooter

317-Pocky

Matt: Um jogo diferente e muito legal, vá se aventurando com a garotinha Pocky ou o castor gigante Rocky atirando cartas ou folhas nos monstros até livrar sua vila do mal. Muito bacaninha principalmente para 2 players.

Max Carnage: Lembro até hoje quando meu pai trouxe da locadora esse, Killer Instinct e a fita de musiquinhas do Clube do Dedéu do supermercado Imperatriz. Ah, anos 90…

[318] Mortal Kombat II
Midway Games, 1993
Luta

318-MKII

Max Carnage: Não, não tem cara. Esse, na minha mais humilde opinião, é o melhor game de luta dos 16-bits. Lembro quando ganhei meu SNES em 1994, nessa época havia filas na locadora e nos Arcades só pra jogar Mortal Kombat II. E não é pra menos, muitas mudanças foram feitas em relação ao antecessor; temos vários lutadores novos, 3 desafios secretos, chefe e sub-chefe novos (Kintaro pra mim é o maior desafio dos MKs), mais opções de finalização além do clássico Fatality, muito sangue, muita selvageria. Tem mais o que dizer?
Obs: Amei essa screenshot do Jax arrancando os braços do Sub-Zero, hahahahhaha.

Matt: Esse é um daqueles “cartuchos obrigatórios”, um belo game para jogar sozinho ou versus, muito mais técnico e sangrento que o primeiro, o que já era bom ficou muito bom, e a conversão para o SNES é perfeita.

[319] Redline F-1 Racer
Absolute Entertainment, 1993
Corrida

319-RedlineF1

Matt: Um jogo de formula 1 bem esforçado, mas ruim. É a versão européia do Aguri Suzuki F-1 Super Driving. Tem um modo curioso de mano a mano com o astro japa.

Max Carnage: O controle é ruim, mas as curvas atrapalham demais nesse, elas vem do nada as vezes.

[320] Mohawk & Headphone Jack
Black Pearl Software, 1996
Plataforma

320-MoHawk

Max Carnage: Uááááá… esse game é tão sem objetivo e tanta tela girando que me deu mó sono… zzz… enfim, com a febre dos CDs nos anos 90, eis que a indústria tanta lançar mais um mascote, o radical carinha amarelo de moicano que coleta cds. Massa, massa… só que não.

Matt: Putz esse jogo é terrível em tantos sentidos, primeiro começa logo mostrando um homem NU sem genitálias todo amarelo usando apenas um fone de ouvido e um CD player portátil, além do moicano verde. Quando a bagaça começa você precisa sair correndo como o Sonic, só que catando CDs ao invés de argolas, daí a pouco a tela começa a girar e a gravidade mudar, tudo fica doidão como a tela de abertura. Não use drogas, jogue esse game.

No vídeo do dia, Alfredão está de volta e com novidades. Confira.

4 comentários

  1. Pocky e Rocky, muito bom! Eu cheguei a alugar o 2 algumas vezes.

    Power Rangers eu peguei emprestado uma vez, mas joguei demais na casa de amigos.

    Eu nunca fui muito fã de jogos de esporte, incluindo basquete, mas esse Looney Tunes B-Ball é viciante demais! Não tem como.

    Agora, esse Mohawk… Não recomendado pra quem tem epilepsia. Hehehe.

  2. Bubsy II: pior é que eu até que gostava desse jogo, mas não tive sco pra jogar ele inteiro (ou zerei, mas não tenho certeza). Pelo menos os minigames eram legais.

    Asterix e Obelix: Não cheguei a jogar esse, mas se for tão “bom” quanto o anterior, ainda bem que não joguei.

    Dirt Trax FX: Realmente, nessa época se fazia de tudo para promover a “tecnologia inovadora”… mas wait, é exatamente o mesmo que $ony, Micosoft e Não-intendo fazem hoje em dia! Nada mudou então, ainda posso sonhar que estamos nos anos 90…

    The Adventures of Kid Kleets: Até que não é uma má ideia (considerando a época em que foi lançado, aproveitando a propaganda da Copa), mas muito mal executada, o game é ruim demais.

    Mighty Morphin Power Rangers – The Movie: muito bom! Tirando o fato de usarem monstros, cenários e armas que não aparecem no filme e a pose gay que TODOS fazem ao executar um gancho.

    Looney Tunes B-Ball: Esse sim é massa pra caralho! Joguei demais com meu irmão, além de ser um game de basquete com boa jogabilidade (basquete de rua rules!), os poderes e trapaças de Pernalonga e cia. relembram os desenhos clássicos (dá pra fazer o Pernalonga enganar todo mundo vestido de mulher, o Frajola usar suas máquinas e muitas outras apelações).

    Pocky & Rocky: Eu tenho que dar uma chance a ese game (ainda mais pq é da Natsume, os caras só faziam games fodas); e Matt, o Rocky não é um Castor e sim um Tanuki, um tipo de guaxinim japonês.

    Mortal Kombat II: E finalmente os donos de Snes podiam deixar de reclamar da falta de sangue do primeiro game…MKII é tão foda que o game Mortal Kombat Shaolin Monks é um remake dele, podemos jogar com Liu Kang e Kung Lao pelos diversos cenários de MKII.

    Mohawk & Headphone Jack: Outra ideia interessante que foi mal aproveitada, desta vez principalmente por causa do visual naturista dos personagens.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s