20 Jogos Supimpas Completando 20 anos esse ano

Chegou aquele post anual do OGFTW que faz você falar “Caramba, eu sou um idoso mesmo”, olha só esses 20 jogos que foram lançados um dia desses e já estão completando seus 20 aninhos de vida.

Guardian Heroes (Sega Saturn)

01

Beat’em up clássico em 2D com elementos de RPG, uma fórmula de sucesso certo, por isso a queridinha Treasure foi muito feliz em produzir essa coisa linda, é verdade que não vendeu muito, mas é considerado um dos melhores do gênero para o console.

Duke Nukem 3D (PC)

02

Eis um dos responsáveis por popularizar o estilo FPS – ou tiro em primeira pessoa – nos PCs. Duke 3D é violento e escrachado, não é qualquer jogo que a gente vê o protagonista arrancar a cabeça de um monstro gigante e fazer o buraco de pescoço dele de privada.

Megaman X3 (SNES)

03

Essa série que foi só melhorando, refinando e ficando mais difícil tambem, chegou ao terceiro e último capítulo no SNES em 1996 também, depois os jogos começaram a ser lançados nos novos consoles de 32 bits. Mas esse aqui é um queridinho de todos que curtem a série.

Pokemon Red & Green (Game Boy)

04

Pokemon é um fenômeno, todo mundo sabe, quer você goste ou não, e foi aqui que tudo começou, lá no Japão em 1996. O jogo é como um RPG clássico, mas aqui os pontos de experiência são para os monstrinhos capturados e colocados para batalhar, são muitas possibilidades que faziam os jogadores perderem horas com os seus portáteis na mão caçando monstrinhos para completar o pokedex com as 151 espécies. O jogo fez tanto sucesso que até hoje são lançadas novas versões com a mesma mecânica.

Super Mario RPG: Legend of the Seven Stars (SNES)

05

RPG da mestre Square com os personagens mais famosos do mundo dos games, não tem como dar errado. E não deu. Mario RPG inovou nos gráficos e conseguiu enredar o jogo numa coisa bem diferente do que a gente costuma jogar nos Marios da vida, começando pelo vilão principal, que não é o Bowser, aliás, o Bowser até vira aliado aqui. Excelente!

Resident Evil (PS)

06

Pouco preciso falar sobre Resident, basta dizer que foi quem popularizou um novo gênero, o survival horror. O que pouca gente sabe, é que muita coisa foi baseada num jogo de Famicom de 1989 chamado Sweet Home, inclusive a mansão, puzzles e as cut scenes que a porta se abre ou sobe as escadas.

Metal Slug (Neo Geo)

07

Metal Slug veio para nos presentear com um gênero que estava desaparecendo, o famoso “run and gun” de jogos como Contra. Com belos gráficos e uma pitada de humor, MS foi um sucesso gigante e logo rendeu continuações e versões diferentes.

Quake (PC)

08

Quake apareceu depois de Doom, e para dar uma resposta ao sucesso do Duke Nukem, fez melhor, sua engine produz graficos totalmente em 3D, e a jogabilidade em modo multiplayer foi a grande sacada da série que rendeu mais 4 sequencias.

Nights into Dreams (Sega Saturn)

09

Nights quis realmemte passar a sensação de voar, combinando gráficos 2D e 3D, muitas cores e uma jogabilidade precisa. Para isso, a Sega lançou junto com o game um controle analógico para uma experiência ainda melhor com o game.

Crash Bandicoot (PS)

10

Um bandicoot é um marsupial que parece um rato que vive lá pros lados da Austrália, o jogo é um plataforma 3Dc cheio de itens colecionáveis. Foi tambem mais uma tentativa de se lançar um mascote para o console da Sony e até hoje os fãs choram a descontinuidade da série.

Virtua Fighter 3 (Arcade)

11

O grande destaque dessa série é o “realismo” gráfico, aqui pela primeira vez os olhos dos lutadores acompanhavam o movimento do outro, Outra novidade nesse terceiro jogo foi a adição do quarto botão, agora com Soco, Chute, Defesa e Esquiva, melhorando a jogabilidade bastante.

Command & Conquer: Red Alert (PC)

12

Na onda dos jogos de estratégia, surgiu a série que foi considerada “a melhor do mundo” na época pelo Guiness Book, com 12 milhões de unidades vendidas. O desenrolar do jogo é a batalha entre aliados e soviéticos pelo controle da Europa.

Tomb Raider (PS)

13

O jogo que nos apresentou a arqueóloga britânica Lara Croft, aventura 3D com muita exploração e enigmas para desvendar.

Donkey Kong Country 3: Dixie Kong´s Double Trouble (SNES)

14

Plataforma que deixava todo mundo de queixo caído em frente à TV chega ao seu terceiro e último jogo no SNES, dessa vez protagonizado por um bebezão atrapalhado e a Dixie Kong, mais uma vez precisando salvar seus amigos.

Diablo (PC)

15

Action RPG que levantou um monte de questão polêmica por causa do tema e também várias histórias sobrenaturais envolvendo esse título, mas enfim, o jogo trouxe a possibilidade do personagem evoluir livremente os atributos que quisesse no seu personagem.

Megaman 8 (PS)

16

Megaman virou praticamente um desenho animado no PlayStation, um jogo que não agradou tanto, mas foi responsável pelo surgimento de uma nova geração de fãs.

Terranigma (SNES)

17

Mais um action RPG com uma temática bem interessante, conta a história da ressurreição da Terra por conta de um garoto chamado Ark e progride da evolução da vida até os dias atuais.

Sonic 3D Blast (Mega Drive)

18

Sonic se aventura em um novo visual, plataforma isométrico, uma novidade que até foi bem aceita e vendeu legal, até ganhou versão para o Saturn.

Tekken 3 (Arcade)

19

A terceira versão dessa belo luta poligonal 3D, que ganhou versões para PlayStation e PC, foi considerado o melhor do gênero para o console da Sony.

Super Mario 64 (N64)

20

Fechando a lista, em 1996 surgiu o novo console da Nintendo, o Nintendo 64, e com ele o Super Mario 64, pela primeira vez a gente pode jogar Mario em uma perspectiva nova, um cenário gigante para explorar livremente e foi um belo sucesso de vendas.

3 comentários

  1. Ah, os bons e velhos posts do blog sobre jogos fazendo aniversário nesse ano… Eu adoro!

    Donkey Kong Country 3 é um dos melhores jogos do Super Nintendo, hands down!
    Super Mario RPG é até hoje meu RPG favorito do Mario.
    Crash Bandicoot era um dos jogos que me faziam querer ter um Playstation.
    Super Mario 64 dispensa apresentações.
    Sonic 3D Blast é divertido, a versão Saturn tem uma trilha sonora assombrosa.
    Terranigma é um dos melhores actions-RPG do SNES, não sei porque não saiu na America;
    E eu ainda preciso terminar o primeiro Resident Evil. Só eu que acho extremamente difícil?😛

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s